A ASSOMBRAÇÃO DA HORTA DE MEXERICA

Crônicas de Sandro Mendes!

Bem no pé da Serra da Canastra, ali pelos lados de Passos, havia uma assombração que assustava muita gente em uma horta de mexerica.

Era um lugar sombrio e de muita ventania, onde era possível ouvir de vez em quando uma voz baixinha, que dizia:

– Doeu, ai! – Doeu, ai!!!

Só que, por mais que se olhasse ao redor, não havia ninguém por perto dizendo aquilo. Era muito estranho. E o interessante é que essa assombração não trabalhava só de noite. Era uma assombração bastante esforçada. Ela fazia três turnos: cedo, de tarde e também na escuridão.

Após ouvir o fantasma, teve neguinho que, de tanto susto, subiu a Serra da Canastra correndo até o pico sem olhar para trás. Dizem que teve um que atravessou o lago de Furnas a nado. E detalhe: o sujeito nem sabia nadar. Outros tremiam tanto que batiam palmas com o forévis.

Segundo o povo, um homem havia matado outro no pomar de mexerica, com várias facadas. E tinha sido uma morte violenta e muito dolorida. Por isso a alma da vítima gemia, principalmente quando ventava muito.

Um belo dia, um mendigo bêbado, que não sabia da assombração, sentou ao lado de uma laranjeira do pomar de mexerica e viu que um pedaço de disco do cantor Wando (um daqueles antigos LPs) estava preso em um dos galhos. E o curioso é que o vento balançava o galho, fazendo com que o disco se esfregasse em um espinho, fazendo o Wando cantar o refrão da música Gosto de Maçã, um de seus maiores sucessos. E o refrão dizia:

– Doeu, ai! – Doeu, ai!!!

Foi o fim da assombração do pomar de mexerica. O mendigo bêbado é a prova de que a cachaça e a ignorância realmente nos dão uma coragem danada.

Frase da semana:

* Para bom entendedor, meia palavras bas… (internet)

* Dívida para mim é sagrada. Deus lhe pague! (internet)

* Gosto e forévis, cada um tem o seu. (Sandro Mendes)

Sandro Mendes

(jornalista formado pela PUC de Belo Horizonte)

ESTA COLUNA É PATROCINADA POR:

Loucos por duas Rodas no Natal de Campos Gerais-MG

Acidente grave na BR 369 entre Alfenas e Campos Gerais-MG

O PALIO QUE NÃO GOSTAVA DE SORVETE DE FLOCOS

Sobre Sandro Mendes 16 Artigos
Sandro Mendes é empresário e jornalista/publicitário formado pela PUC de Belo Horizonte. Foi assessor de imprensa dos deputados Jorge Gibram e Ailton Vilela. Foi o vereador mais jovem da história de Três Corações e um dos mais jovens de Minas Gerais. Escreve para dezenas de jornais e sites no Brasil, Portugal e Estados Unidos.
Contato: Website

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será divulgado.